top of page

ALERJ LANÇA PEDRA FUNDAMENTAL DA CASA DA DEMOCRACIA NO PALÁCIO TIRADENTES


A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) lançou, a pedra fundamental virtual da Casa da Democracia, centro cultural que futuramente vai ocupar prédio histórico do Palácio Tiradentes. Durante a cerimônia, que contou com a presença do presidente Parlamento fluminense, André Ceciliano (PT), foi divulgado o livro “Democracia em foco”, editado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).


A Curadoria do Palácio apresentou o conceito e a tecnologia imersiva das exposições do novo centro de memória, que vão permitir ao público ampliar o conhecimento dos desafios e a trajetória de luta pela preservação da democracia no país. O projeto virtual interativo foi desenvolvido pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Já o conteúdo teve o apoio da Fundação Getúlio Vargas (FGV) a partir do seminário que deu origem ao livro.


“A transformação do Palácio Tiradentes na Casa da Democracia é uma ação importante para que se preserve o patrimônio do nosso estado e se garanta o acesso da população às principais fontes de conhecimento guardadas na memória nacional”, explicou a superintendente de Curadoria do Palácio Tiradentes, Maria Lúcia Horta Jardim.


Com a mudança das atividades parlamentares para a nova sede, na Rua da Ajuda, o edifício histórico foi revitalizado pela Oficina-Escola de Conservação e Restauro, que capacitou servidores para esse trabalho de manutenção do patrimônio. O projeto também conta com as parcerias da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, da Câmara Federal, do Senado Federal, do Instituto Cultural Cravo Albin, do Instituto Moreira Salles (IMS) e do Instituto Pretos Novos (IPN).

Leia também:

bottom of page