top of page

Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro é premiada por projeto que torna Palácio o primeiro prédio


A Câmara Municipal do Rio de Janeiro recebeu, na última sexta-feira (17) o Prêmio Lixo Zero 2021, que reconhece os melhores projetos brasileiros que promovem atitudes sustentáveis em prol do planeta. O parlamento carioca competiu na categoria “Políticas Públicas”, com o projeto de fazer do Palácio Pedro Ernesto o primeiro prédio público do Brasil a adotar o conceito Lixo Zero. A premiação aconteceu no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, em Manaus.


O conceito lixo zero consiste no máximo aproveitamento e correto encaminhamento dos resíduos recicláveis e orgânicos e a redução ou extinção do encaminhamento destes materiais para os aterros sanitários e\ou para a incineração. Na Câmara Municipal do Rio, além do novo fluxo de resíduos, da instalação dos coletores, da identificação de soluções para o correto encaminhamento de todos os produtos gerados (reciclagem, compostagem e logística reversa) e da identificação de solução para compostagem in loco; o Plano de Ação contempla o treinamento de colaboradores, palestras de educação ambiental e divulgação de materiais digitais educativos.

“Além das ações no próprio palácio, vamos incluir o debate do lixo zero nas discussões que já estão acontecendo sobre a atualização do Plano Diretor. Cabe lembrar que aqui no Rio temos legislações aprovadas que visam a sustentabilidade, como a Lei No 6.843/2020, que dispõe sobre a obrigatoriedade do processo de coleta seletiva de lixo nos geradores de lixo extraordinário no município”, lembrou Caiado.


O coordenador de sustentabilidade da Câmara Municipal, Bernardo Egas, que representou a Casa no evento, explica que a geração dos resíduos sólidos no Palácio Pedro Ernesto é de resíduos não perigosos inertes e não inertes, como orgânicos, papel, papelão, madeira, plásticos em geral e resíduos perigosos como lâmpadas, pilhas e baterias, óleo de cozinha, solventes e cartuchos de tinta de impressora. “O Programa Lixo Zero combate o desperdício pela conscientização de cada um de nós. A maioria dos tipos de resíduos pode ser reciclado, e aqui nessa casa não é diferente. Esse prêmio significa um passo importante do legislativo municipal rumo à sustentabilidade”, afirmou Bernardo Egas.



Comments


Leia também:

bottom of page